sábado, 31 de janeiro de 2015

Mazurkiewicz no Pelotas em 1977

A carreira de Mazurkiewicz

O goleiro defendeu a meta da Seleção Uruguaia entre os anos de 1965 e 1974, pela Celeste disputou três Mundiais (66/70/74). No México, foi eleito o melhor goleiro da Copa. Na frente de feras como o inglês Banks, o italiano Albertosi e o alemão Sepp Maier. Em 1968 Mazurkiewicz defendeu a Seleção do Mundo FIFA que enfrentou a Seleção Brasileira em um amistoso festivo. 

Em 1963, debutou no Racing de Montevidéu, já com a camisa do Peñarol, que defendeu de 1964 a 71, foi campeão uruguaio em 65, 67 e 68. Em 66, venceu a Libertadores e o Mundial de Clubes. Em 1972, se mudou para o Brasil, para defender o Atlético-MG. Ficou no Galo até 74. O curto período foi suficiente para que Mazurkiewicz fosse considerado por muitos atleticanos como o melhor estrangeiro que já defendeu o clube mineiro. Após passagens pela Espanha, onde defendeu o Granada nas temporadas de 75 e 76, retornou ao Peñarol ainda em 76. Em 1977 teve uma rápida passagem pelo Pelotas do Rio Grande do Sul por empréstimo. Ainda em 77 foi para a Colômbia, onde defendeu o América de Cali. Novamente retornou ao Peñarol em 1978. Na temporada seguinte jogou no Cobreloa do Chile em 79 e América de Cali em 80. Voltou em 1981 ao Uruguai para encerrar a carreira no time do coração, o Peñarol, acrescentando mais um título nacional ao currículo, em 81.


Títulos
Mundial de Clubes: 1966
Copa Libertadores da América: 1966
Recopa Sul-Americana: 1969
Campeonato Uruguaio: 1965, 1967, 1968 e 1981
Campeonato Sul-Americano Sub-20: 1964
Campeonato Sul-Americano (atual Copa América): 1967





No Lobão em 1977

A contratação de Mazurkiewicz pelo Pelotas foi destaque na Revista Placar em Maio de 1977, a edição do dia 27 trazia a seguinte noticia: 

"Mazurkiewicz - o famoso - acaba de ser emprestado pelo Peñarol ao modesto Pelotas gaúcho, que vem fazendo boa campanha no campeonato estadual com base nos gols de outro veterano, o artilheiro Flávio.

Com o goleiro Uruguaio lá atrás e o goleador Brasileiro lá na frente, Pelotas é capaz de pregar grandes sustos no Grêmio e no Internacional.
O empréstimo do ex. goleiro da Celeste e do Atlético Mineiro é por seis meses, com bases que não foram reveladas nem em Montevidéu e nem na cidade gaúcha, a 230 km de Porto Alegre."




Ladislao Mazurkiewicz Iglesias, nasceu em Piriápolis, Uruguai, em 14 de fevereiro de 1945 e faleceu em Montevidéu, no dia 2 de janeiro de 2013. É considerado o maior goleiro da história do futebol Uruguaio e um dos maiores da história do futebol Mundial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário